POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE DISCUTIDAS NO BOREL

08/29/2011 às 5:03 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE DISCUTIDAS NO BOREL

Encontro realizado no Ciep reuniu representações da comunidade

Cerca de 60 pessoas participaram, na última quarta-feira, dia 24, da Pré-Conferência Territorial de Políticas para a Juventude do Complexo do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio. O encontro foi organizado pela Subsecretaria de Defesa de Direitos Humanos e Territórios, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), com objetivo de levantar os projetos e demandas já existentes na comunidade voltadas para a faixa etária de 15 a 29 anos.

“O programa de Segurança Pública que fiz para o presidente Lula e que serviu de base para a campanha presidencial e para o primeiro mandato já tinha como foco a juventude, que precisa ter a consciência que o caminho não é a violência e sim a cidadania. O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI) nasceu com essa visão, com a implantação do Mulheres da Paz e o Protejo nas comunidades, porque são as mulheres as primeiras a orientarem os jovens. O PRONASCI está sendo reformulado pelo governo da presidente Dilma, mas continuará trabalhando sobre essas bases. Estamos empenhados na implantação de 30 núcleos de prevenção à violência nas comunidades. Fico feliz de estamos aqui reunidos discutindo políticas da juventude, porque houve um tempo que não podíamos subir o Borel”, disse o subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos, Antônio Carlos Biscaia, que abriu o evento.

A mesa de abertura contou também com a participação da Subsecretária de Ensino e Programas de Prevenção da Secretaria de Estado de Segurança, Juliana Barroso.

“A juventude é o maior desafio da área de Segurança Pública, porque essa faixa etária é a que mais morre e a que mais mata neste país. Temos a percepção de que as políticas públicas como um todo não tem como desafio a juventude, porque elas não foram pensadas para a juventude nos moldes que temos hoje. Por outro lado, essa juventude está se impondo numa perspectiva positiva. É nossa responsabilidade construirmos políticas voltadas para essa juventude, e neste sentido é muito importante estarmos aqui participando deste encontro”, falou Juliana.

A superintendente de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da SEASDH, Andréa Sepúlveda, participou da mesa de abertura e discutiu com os grupos de trabalho o tema Direitos Humanos e Segurança Pública.

“A gente precisa pensar as signitudes(relação?) entre Direitos Humanos e Segurança Pública, porque eles são dois lados de uma mesma moeda. Onde não há segurança pública, há violência, medo, que gera isolamento. Esse isolamento impede o acesso a serviços que estão fora da comunidade e também os serviços de chegarem à comunidade. É um ciclo vicioso que prende as pessoas à violência e a pobreza, por exemplo. Segurança é bem estar, qualidade de vida, é muito mais complexo do que se imagina”, destacou Andréa.

Representante da juventude do Complexo do Borel, Diego Francisco, destacou a importância do encontro e de se dissociar juventude de problema.

“Essa pré-conferência é um marco. Um encontro como esse há tempos atrás seria impossível, mas ainda há uma lacuna de políticas públicas para a juventude, em especial a juventude de favela. Precisamos dissociar a juventude de problema e violência, e valorizar a associação, nos encontrar e discutir os projetos e necessidades da juventude das comunidades. Porque para nós, o desafio da juventude de favela é o Estado; como ter acesso às políticas públicas. Para isso, precisamos nos reunir e discutir, como estamos fazendo aqui hoje, para virar a mesa”, falou Diego.

Os grupos de trabalho discutiram ainda outros três temas: Educação e Trabalho; Comunicação e Cultura; e Direito ao Território. O encontro contou também com a participação do superintendente do PRONASCI, Renato Mattos; do representante do Conselho Nacional de Juventude, Fransérgio Goulart; do Superintendente de Juventude da SEASDH, Allan Borges e do comandande da UPP do Borel, capitão Bruno Amaral.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

Anúncios

RIO DE JANEIRO SERÁ SEDE DA PRÓXIMA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

08/23/2011 às 7:19 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em RIO DE JANEIRO SERÁ SEDE DA PRÓXIMA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

Secretário Rodrigo Neves comemora mais um evento para o calendário internacional da cidade

O Papa Bento XVI disse “estar muito feliz em anunciar a cidade do Rio como sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013”. O anúncio de que o Rio de Janeiro terá mais um grande evento para o seu calendário internacional foi dado às 11h38 (6h38 no horário de Brasília) deste domingo, 21/08. Presente à missa celebrada pelo Papa em Madri, o governador Sérgio Cabral, ao lado do prefeito Eduardo Paes, comemorou a nova vitória do Rio. Quem também celebrou a conquista foi o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves:

“A Jornada Mundial da Juventude é, atualmente, o maior evento de mobilização de católicos no mundo. A realização da jornada, em 2013, no Rio, contará com a participação de mais de quatro milhões de jovens, de mais de 100 países. Será mais uma oportunidade de divulgar o Brasil e o Rio no mundo, com desdobramentos na economia local e na região metropolitana. Mas, também, é uma oportunidade de reflexão sobre os desafios atuais para a construção de um mundo mais justo e solidário, com o protagonismo dos jovens”, declarou.

“Estou muito emocionado, muito feliz. Já estamos na contagem regressiva para receber este evento que é imenso, antes de tudo, na esperança, na espiritualidade, na motivação de nossos jovens e de todo o nosso povo do Rio de Janeiro. Como o nosso Cristo Redentor, estaremos de braços abertos, esperando essa multidão de jovens de todo o mundo em busca de paz, harmonia, solidariedade. Vamos trabalhar de mãos dadas com a Prefeitura, o Governo federal, a Igreja, a iniciativa privada, as organizações não-governamentais e com toda a sociedade para organizar uma grande Jornada, com muito profissionalismo”, afirmou Cabral.

Cabral afirmou que o Rio tem todas as condições para receber e acomodar bem os cerca de quatro milhões de peregrinos esperados.

“Nós temos, e teremos ainda mais em 2013, uma ampla capacidade hoteleira, sem falar na hospedagem solidária em igrejas e colégios, por exemplo, como teve aqui em Madri, onde até o Santiago Bernabéu, o estádio do Real Madri, foi também local de hospedagem. Vamos deixar o Rio pronto para receber esse evento que tanto me impressionou aqui pela quantidade de pessoas e pela tranquilidade e fraternidade entre os milhões de jovens que participam dele”, disse o governador.

Para o prefeito Eduardo Paes, a preparação pela qual a cidade já passa para os outros grandes eventos vai contribuir para o sucesso da organização da JMJ 2013.

“São apenas dois anos para organizar esse encontro fantástico. Mas, em função da Copa e das Olimpíadas, já há avanços em andamento, por exemplo, na rede de hotelaria e na mobilidade urbana com a implantação dos corredores de BRT. Já inauguramos a Transoeste no ano que vem. Além disso, haverá todo o aprendizado de logística com a Rio +20 em 2012 e a Copa das Confederações, também em 2013. Eu tenho certeza de que, junto com a fé e devoção de nossa gente, toda essa experiência e a infraestutura já em construção vão nos ajudar a realizar a melhor Jornada Mundial da Juventude de todos os tempos”, afirmou o prefeito.

Em um dos momentos mais emocionantes da missa que reuniu mais de 1,5 milhão de pessoas, na Base Aérea de Cuatro Vientos, um grupo de jovens brasileiros recebeu das mãos dos anfitriões espanhóis a Cruz Peregrina, símbolo da Jornada. Antes de cumprimentá-los pessoalmente no encerramento da celebração, o Papa Bento XVI fez uma saudação em português para toda a juventude brasileira:

“Vamos nos encontrar daqui a dois anos na Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. Até breve, queridos jovens. E que Deus vos abençoe.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

FAMÍLIAS QUE TERÃO CASAS DEMOLIDAS EM FRIBURGO SÃO INCLUSAS NO ALUGUEL SOCIAL

08/23/2011 às 7:15 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em FAMÍLIAS QUE TERÃO CASAS DEMOLIDAS EM FRIBURGO SÃO INCLUSAS NO ALUGUEL SOCIAL

Elas começam a receber o auxílio a partir do mês que vem

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH) concluiu, na última sexta-feira, 19 de agosto, o cadastramento de 200 novas famílias de Nova Friburgo. Essas famílias fazem parte de uma lista da Secretaria de Obras e da Defesa Civil Estadual, que têm visitado as casas a fim de verificar os imóveis que estão em áreas de risco e que serão demolidas. O cadastramento foi realizado durante três dias, em espaço da Secretaria de Estado de Governo, no Centro de Nova Friburgo.

As famílias foram convocadas e tiveram o cadastramento agendado por telefone para evitar filas. Moradora do bairro Rui Sanglard, a aposentada Therezinha das Graças Veloso Ferreira, foi uma das cadastradas no aluguel social.

“A minha casa está de pé, mas há outras ameaçando a minha e precisei sair. Morava no mesmo terreno com meus sete irmãos, eles fizeram o cadastramento do aluguel social do Estado e estão recebendo desde fevereiro, mas eu ainda não tinha feito o cadastro do Estado. Estava tirando o dinheiro do aluguel da minha aposentadoria, e estava muito difícil. Agora, com essa ajuda, creio que as coisas vão melhorar”, contou dona Therezinha.

Os responsáveis pelas famílias que apresentaram dificuldades de locomoção ou que não foram contatados por telefone receberam a visita das assistentes sociais da SEASDH em casa. Este foi o caso da pensionista Dircéia Teixeira Martins, de 71 anos. Ela morava no bairro Vilage e teve a casa atingida por um deslizamento de terra.

Morava no mesmo quintal com cinco dos meus quatorze filhos, mas minha casinha era independente. Desde a tragédia, estou morando na casa da minha filha Elaine, mas quero voltar a ter o meu cantinho. Minha filha precisa voltar a cuidar da vida dela, e eu preciso ter o meu espaço para poder montar minha máquina de costura, cozinhar e fazer o meu tricô em paz. Aqui, cheia de netos em volta fica difícil. O auxílio do aluguel social será bem vindo”, comentou dona Dircéia.

De acordo com os filhos de dona Dircéia, com o auxílio do aluguel social, eles vão alugar um casa para a mãe próxima a um dos filhos, para que, mesmo independente, ela possa ser acompanhada pela família.

As novas 200 famílias cadastradas em Friburgo começam a receber o aluguel social no mês que vem, em conta corrente, com cartão magnético e extrato bancário.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

ABRIGO CRISTO REDENTOR COMEMORA 75 ANOS DE EXISTÊNCIA

08/22/2011 às 4:19 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em ABRIGO CRISTO REDENTOR COMEMORA 75 ANOS DE EXISTÊNCIA

Festa teve música ao vivo e cardápio especial para o almoço: feijoada

O dia amanheceu com o brilho especial em homenagem ao Abrigo Cristo Redentor, que comemorou hoje, sexta feira, dia 21, seus 75 anos. Administrado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), o abrigo teve festa e o cardápio foi pensado especialmente para a data: feijoada para os 270 idosos que moram no abrigo, fundado por Raphael Levy Miranda, funcionário do Banco do Brasil.

“Hoje é dia de festa porque estamos comemorando 75 anos do Abrigo Cristo Redentor. É importante sempre lembrarmos da data para festejar mais um ano de vida. Esperamos que tenha vida longa”, comentou empolgada Ana Silvia, diretora do abrigo desde 2008, quem tem imenso prazer em ter todos os idosos e funcionários reunidos na festa.

O equipamento pertence atualmente ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), mas desde 2008 é administrado pela SEASDH. Os idosos contam com o auxílio de 35 cuidadores que, numa escala de plantão, trabalham das 7h às 19h. Na década de 30, o lugar recebia menores e idosos e funcionava como um grande complexo de assistência social. Ao longo do tempo foi mudando de perfil e, na década de 80, passou a abrigar apenas idosos.

“O aniversário do abrigo é uma das festas que os idosos mais fazem questão de participar, já que é a comemoração da nossa história. É um modo de reafirmar também o nosso compromisso com os idosos, como o resgate da autoestima e o cuidado de maneira integral. O Cristo Redentor é o único abrigo público do estado que recebe os idosos com perfil de abandono. Alguns são extremamente carentes e perderam o vínculo com a família, completou Ana Silvia.

Ozair da Silveira também tem 75 anos de idade e tem um motivo especial para comemorar o aniversário do Abrigo Cristo Redentor: no próximo dia 21, completam oito anos que está morando no espaço.

“Para quem quer passar o resto da vida com paz, carinho e, até mesmo, um pouco de paixão, o abrigo é o lugar certo. Eu me sinto bem aqui e achei bacana terem organizado essa festa e a diretora, Ana Silvia, acertou em cheio no cardápio”, comentou o idoso.

Já Genival Silva participa das festas de comemoração de aniversário do abrigo há 33 anos. Ele é um dos funcionários mais antigos do lugar. Começou como cozinheiro, onde ficou por vinte anos, mas sempre fazendo um trabalho paralelo com a música. Há quatro anos ele é um dos educadores do lugar e, junto com as assistentes sociais e fonoaudiólogas, trabalha a música como uma das terapias para cuidar dos idosos.

“A gente faz o dia a dia do abrigo e aqui é uma espécie de casa para mim. Procuro fazer um trabalho que eles gostem também e percebo que eles aproveitam o momento. Como já estou aqui há muitos anos percebo as diferenças ao longo do tempo e temos motivos para comemorar. Muita coisa mudou, principalmente a alimentação e os cuidados com os idosos”, explicou Genival, que levou o amigo Zezinho dos Teclados para fazer um show ao vivo na festa.

Um dos colegas de Genival é Cassio Clinton, que também trabalha como educador. Esta é a segunda festa da qual Cassio participa e este ano levou também alguns amigos para tocarem na comemoração. O grupo de pagode, Edu Paes e banda, fez os idosos balançarem.

“O trabalho que fazemos com a música é uma das coisas que eles mais curtem. Funciona mesmo como terapia. Eles lembram de músicas que tocavam na juventude e mexe com o passado deles. A gente brinca que quando eles eram jovens, eles é que saiam. Agora, a balada vai até eles”, brinca Cassio.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

RODRIGO NEVES ACOMPANHA GOVERNADOR EM VIAGEM QUE OFICIALIZA O RIO COMO SEDE DE MAIS DOIS EVENTOS

08/22/2011 às 3:50 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em RODRIGO NEVES ACOMPANHA GOVERNADOR EM VIAGEM QUE OFICIALIZA O RIO COMO SEDE DE MAIS DOIS EVENTOS

Estado vai receber Jornada Mundial da Juventude e Campeonato Mundial de Judô, ambos em 2013

O Secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, acompanhou o governador Sérgio Cabral na viagem à Madri, nesta sexta-feira, dia 19, onde vai oficializar, com o Vaticano, o Rio de Janeiro como sede da próxima edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013, evento que deve reunir pelo menos 4 milhões de jovens do mundo inteiro. A segunda parte da missão oficial à Europa será em Paris, onde o grupo, que conta ainda com o prefeito Eduardo Paes, participa da cerimônia de abertura do Campeonato Mundial de Judô deste ano.

“Temos um calendário de eventos muito expressivo nos próximos anos. Mas a jornada católica, além de agregar os valores que os demais eventos atraem, isto é, hotéis e restaurantes cheios, linhas aéreas e rodoviárias cheias, apresenta o lado espiritual. A esperança do mundo são os jovens, e, no Rio, os jovens poderão se encontrar para discutir valores importantes do planeta, da existência humana e sobre o que transcende à existência” disse o governador.

Um dos principais eventos da Igreja Católica, a JMJ é um grande encontro de jovens do mundo inteiro para aproximá-los do Evangelho, além de incentivar laços de amizade entre povos de diferentes continentes e culturas. Em 2013, o Rio de Janeiro vai receber pelo menos 4 milhões de visitantes – o mais ilustre deles o Papa Bento XVI, em sua primeira visita como Pontífice ao Rio de Janeiro. Ele esteve no Brasil em maio de 2007, mas visitou apenas São Paulo e o santuário de Aparecida do Norte (SP).

Este ano, mais de 1,5 milhão de jovens de 182 países participam da jornada em Madri. O Brasil é o sexto em número de peregrinos, com pelo menos 16 mil participantes. Quase metade deles, 7.500, é do Estado do Rio – entre eles, 30 jovens moradores de comunidades da capital.

A Jornada

Esta é a 26ª Jornada Mundial da Juventude. Criada pelo Papa João Paulo II, foi inspirada em grandes eventos especiais realizados em Roma no Domingo de Ramos, em 1983 e 1984. A JMJ passou a ter esse nome em 1986, quando a capital italiana recebeu a primeira edição do evento e, depois, o sediou novamente no ano 2000 (Jubileu). Nove cidades também já receberam a jornada: Buenos Aires, na Argentina (1987); Santiago de Compostela, na Espanha (1989); Czestochowa, na Polônia (1991); Denver, nos Estados Unidos (1993); Manila, nas Filipinas (1995); Paris, na França (1997); Toronto, no Canadá (2002); e Colônia, na Alemanha (2005). A última foi em 2008, em Sidney, na Austrália, e contou com a presença de 600 mil jovens.

Em Madri, a JMJ começou no dia 16 de agosto e termina no dia 21. Na programação dos jovens há catequeses, missas, orações, palestras, apresentações musicais e de dança, além de uma vigília, quando o Papa Bento XVI vai ao encontro dos jovens.

Mundial de Judô

De Madri, o governador viaja para Paris, onde encontra a secretária de Estado de Esporte e Lazer, Márcia Lins, para participar da abertura do Campeonato Mundial de Judô de 2011, no Palais Omnisport de Bercy. Em 2013, o campeonato será realizado no Maracanãzinho, e deverá ser o maior dos próximos anos: são esperados cerca de 950 atletas e 550 dirigentes de 120 países.

Esta é a terceira vez que a cidade receberá o mundial. Em 2007, 123 países participaram do campeonato no Rio, número recorde até hoje. Desde então, o Rio de Janeiro tem investido no judô, tanto na construção de instalações como no investimento de bolsa atletas, além da realização de grandes eventos. Em julho do ano passado, durante a visita do presidente da Federação Internacional de Judô (FIJ), Marius Vizer, o governador Sérgio Cabral ofereceu todas as garantias para a realização do evento, fator primordial para a decisão do Comitê.

O Campeonato Mundial é a maior competição de judô, depois dos Jogos Olímpicos. O Mundial de 2013 acrescentará ainda mais valor ao calendário esportivo até as Olimpíadas de 2016, num processo de preparação para essa competição. Com isso, o Rio se consolida cada vez mais como a capital do esporte.

Em Paris, este ano, o campeonato acontece entre 23 e 28 de agosto. Ao todo, 949 atletas de 136 países participam da competição. O Brasil contará com a maior equipe de todos os tempos. Foram convocados os 19 judocas mais bem colocados no ranking mundial e com reais chances de defender o país nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

GOVERNO DO ESTADO INAUGURA PRIMEIRO CENTRO DE REFERÊNCIA LGBT DA BAIXADA FLUMINENSE

08/18/2011 às 1:46 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em GOVERNO DO ESTADO INAUGURA PRIMEIRO CENTRO DE REFERÊNCIA LGBT DA BAIXADA FLUMINENSE

Unidade implantada em Duque de Caxias atenderá também municípios vizinhos

O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, o superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento, a coordenadora da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Nadine Borges, inauguraram nesta terça-feira, 16 de agosto, o Centro de Referência LGBT Baixada I, em Duque de Caxias. O evento contou com a participação e o apoio de artistas como David Brazil, Jane de Castro, Leandra Leal e Viviane Araújo.

“O programa Rio Sem Homofobia é um programa inovador do Governo do Rio de Janeiro, que tem como objetivo promover os direitos humanos da comunidade LGBT em todos os territórios da cidade do Rio e do Interior do Estado. Esse programa é generoso e coloca o Rio na vanguarda da luta pelos direitos humanos de cidadãos e cidadãs que historicamente foram desrespeitados por simplesmente terem uma opção sexual diferenciada. É um programa de políticas públicas e a partir dos Centros de Referência, que temos na cidade do Rio, no Interior do Estado, na Baixada, a comunidade LGBT do Rio de Janeiro têm serviços de assistência jurídica, social, psicológica para que possam viver com o direito a diversidade, com dignidade em todas as suas cidades”, disse o secretário Rodrigo Neves.

Com a inauguração do Centro de Referência LGBT Baixada I, o superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento, acredita que o estado deu mais um paço para a construção de uma rede articulada de serviços à comunidade LGBT.

“Este espaço visa garantir à população LGBT o exercício pleno da sua cidadania. A Baixada tem sua história vinculada por vezes à pobreza, à violência e aos grupos de limpeza social, aos assassinados bárbaros de gays, lésbicas, travestis e bissexuais. Para além da violência, a baixada possui uma importância histórica na formação e fortalecimento do movimento LGBT do estado do Rio de Janeiro. Foi esta região que por muito tempo liderou o movimento estadual nas décadas de 80 e 90. Hoje é um momento de muita alegria para mim estar aqui inaugurando este Centro de Referência da Baixada Fluminense”, lembrou Cláudio Nascimento.

O Centro de Referência LGBT Baixada I tem por função o acolhimento, atendimento, orientação, acompanhamento e encaminhamento de pessoas vítimas ou não de preconceito e discriminação por orientação sexual e identidade de gênero nas áreas social, psicológica e jurídica, garantindo acesso à direitos, serviços e políticas públicas. É um equipamento público com a função de estimular, formular e implantar políticas públicas afirmativas para a população LGBT, além promover a inclusão dessa população nas políticas já existentes nos municípios de Duque de Caxias, Belford Roxo, São João de Meriti, Magé e Guapimirim.

A diretora do Centro de Referência LGBT Baixada I, Charlene Rosa, ressaltou a importância do espaço para o púbico LGBT.

“É importante sim desenvolvermos políticas públicas para a população LGBT, porque a gente ainda vê muitos casos de homofobia, morte e discriminação aqui na Baixada. Este espaço está disposto para esta comunidade, mas também para toda a população. Estaremos juntos nesta jornada”, declarou Charlene.

Além do Centro de Referência LGBT da Baixada, o programa Rio Sem Homofobia já conta com centros de referência na Capital, e em Nova Friburgo na Região Serrana. A unidade da Baixada I fica na Rua Frei Fidélis, s/n, Centro de Duque de Caxias, encima do Restaurante Cidadão.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

RESTAURANTE CIDADÃO DE NOVA IGUAÇU COMEMORA 9 ANOS E SERÁ REFORMADO

08/18/2011 às 1:09 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em RESTAURANTE CIDADÃO DE NOVA IGUAÇU COMEMORA 9 ANOS E SERÁ REFORMADO

As obras terão início ainda neste semestre

O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, participou, nesta quarta-feira, 18 de agosto, da comemoração pelo aniversário de 9 anos do Restaurante Cidadão Madre Tereza de Calcutá, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Durante a festa, Neves anunciou um investimento de R$ 500 mil para reforma da unidade.

“Já oferecemos alimentação saudável e de qualidade para aproximadamente 10 mil pessoas por dia em todos os Restaurantes Cidadão do estado. Quando o governador Sérgio Cabral assumiu o governo, tínhamos apenas 6 unidades, hoje já chegamos a 16 e temos ainda a previsão de mais duas unidades, uma em São Gonçalo e outra em Magé. Mas para além disso, estamos investindo em melhorias para oferecer conforto aos usuários. Este é o motivo da reforma que será feita neste equipamento, que irá melhorar o piso, a ventilação, os banheiros, entre outros. Esta será a primeira reforma em 9 anos de funcionamento”, disse o secretário.

Na visita, Rodrigo Neves também informou que o Renda Melhor, um dos componentes do Plano de Superação da Pobreza Extrema do Estado do Rio de Janeiro, chegará à Baixada Fluminense até o final deste ano.

“Vamos fazer uma revolução em Nova Iguaçu e na Baixada Fluminense com o Renda Melhor. Só neste município vamos atender a cerca de 25 mil famílias em situação de miséria, com um investimento de R$ 2 milhões por ano. Além da transferência de renda, vamos investir também no capital humano, com o Renda Melhor Jovem, uma poupança escola para incentivar os jovens dessas famílias a concluírem com qualidade o Ensino Médio. E para ajudar essas famílias a saírem de vez da miséria, vamos investir na gestão de oportunidade e qualificação profissional dessas famílias, fazendo a ponte entre o trabalhador e o emprego”, explicou o secretário.

Os anúncios feitos pelo secretário agradaram a prefeita de Nova Iguaçu Sheila Gama, que agradeceu os investimentos do Governo do Estado no município.

“Fico muito feliz de estar aqui ao lado do secretário Rodrigo Neves recebendo todas essas ótimas notícias e agradeço ao nosso governador Sérgio Cabral pelo compromisso com a nossa cidade. De todos esses projetos, o que me deixa mais feliz é o Renda Melhor Jovem, porque os jovens carentes daqui param de estudar no Ensino Fundamental porque precisam trabalhar. Achei fantástico porque agora eles terão um incentivo para terminar os estudos e até as famílias vão cobrar deles que estudem”, declarou a prefeita de Nova Iguaçu.

O Restaurante Cidadão de Nova Iguaçu serve diariamente até 3.500 refeições ao custo de R$ 1, e até 1.200 cafés da manhã ao custo de R$0,35. Freqüentadora do restaurante desde sua inauguração, a autônoma Dacília Lemos Vieira, de 73 anos, era uma das mais animadas da festa.

“Almoço aqui desde que inaugurou e gosto muito. Sou muito bem tratada e a comida é ótima. Almoço sempre aqui porque muitas vezes não tenho o que comer em casa. Gosto também dos funcionários, que são muito atenciosos”, declarou dona Dacília.

O motorista aposentado Francisco de Assis Daveira dos Santos, de 51 anos, também aprova o serviço e agradeceu ao Governo do Estado pelo programa Restaurante Cidadão.

“A comida é excelente, o atendimento é bom e a variedade de alimentos é grande. A gente se sente muito bem aqui. Sempre que venho ao Centro almoço aqui. Esse serviço é muito bom e tem ajudado a muita gente que precisa, que não tem o que comer em casa. A qualidade é tão boa que já vi até gente de Classe Média comendo aqui. Agradeço ao governo por esse restaurante e peço a Deus que esse projeto sempre continue”, comentou Francisco.

Também participaram da festa o subsecretário de Articulação Institucional, Alberto Cantalice; a superintendente de Segurança Alimentar e Renda da SEASDH, Claudia Regina Fernandes; e o secretário de Desenvolvimento Social de Nova Iguaçu, Sebastião Wagner Berriel.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

EX-ALUNO DO CURSO DE FOTOGRAFIA DO CRJ MANGUINHOS FICA EM 1º LUGAR NO CONCURSO “ENCANTOS DA FAVELA”

08/15/2011 às 4:06 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em EX-ALUNO DO CURSO DE FOTOGRAFIA DO CRJ MANGUINHOS FICA EM 1º LUGAR NO CONCURSO “ENCANTOS DA FAVELA”

Wanderson da Costa Cruz ganhou uma câmera profissional

Com a foto “Depois da chuva, brincadeira”, Wanderson da Costa Cruz ficou em primeiro lugar no concurso Encantos da Favela, promovido pelo portal Viva Favela para comemorar os 10 anos do projeto. Ele foi aluno do curso de fotografia do Centro de Referência da Juventude de Manguinhos, projeto da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, no primeiro semestre de 2010, quando flagrou o menino no balanço em uma pausa da chuva, focando no reflexo da criança na poça d’água.

“Foi o primeiro concurso de que participei e não esperava ganhar, já que disputava com fotógrafos profissionais também. O professor da época do CRJ, Stefano Figalo, disse para eu me inscrever e como já conhecia o site não tive dúvidas em enviar a minha imagem. Foi realmente uma surpresa ficar em primeiro lugar”, comenta Wanderson, que atualmente é estagiário da equipe de Comunicação da Superintendência de Políticas para a Juventude.
Com o prêmio, uma câmera profissional Canon 7D, Wanderson disse que vai poder pegar alguns trabalhos extras, já que não tinha uma câmera só dele.

“Chega a ser engraçado um fotógrafo não ter uma câmera para trabalhar e nem sonhava em ter uma como essa, que eu só conhecia pelo site. Com este equipamento eu vou trabalhar com mais tranqüilidade e aproveitar todos os momentos, já que não vou tirá-la da mochila. Não é um passo que estou dando, é um salto”, conta ele, que está no 5º período da faculdade de Comunicação.

O concurso Encantos da Favela mobilizou diversos fotógrafos em comunidades de todo o país, que enviaram quase 200 fotos na fase de inscrições. Os dois finalistas foram selecionados por um júri especializado e o segundo lugar foi para Adriano Ferreira Rodrigues, morador da Maré, com a foto “Grande Pulo”.

O projeto Viva Favela foi criado em julho de 2001 pelo Viva Rio e tem como metas a inclusão digital, a democratização da informação e a redução da desigualdade social. O portal funciona como uma ponte virtual entre o “asfalto” e a favela e conta com uma equipe de jornalistas e correspondentes comunitários, que são moradores de favelas e atuam como repórteres, fotógrafos e produtores de conteúdo multimídia.

Mais informações no site:
http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal

RESTAURANTE CIDADÃO DA CIDADE DE DEUS É INAUGURADO

08/15/2011 às 2:46 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em RESTAURANTE CIDADÃO DA CIDADE DE DEUS É INAUGURADO

Serão oferecidos 2.500 almoços e 1.000 cafés da manhã balanceados, para estimular hábitos alimentares saudáveis

O governador Sérgio Cabral e o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, inauguraram nesta sexta-feira, dia 12, o 16º Restaurante Cidadão do Estado. A Cidade de Deus é a primeira favela pacificada a receber o projeto que é gerido pela Superintendência de Segurança Alimentar, da SEASDH. A estimativa é a de que sejam oferecidos 2.500 almoços, no valor de R$ 1, e 1.000 cafés da manhã, por R$0,35, por dia.

“É mais uma ação do nosso governo em um clima de mudança radical dessa região. A implantação deste Restaurante Cidadão, o primeiro em uma comunidade pacificada, realizada pela Secretaria de Assistência Social vai totalmente de encontro com o nosso programa de segurança alimentar feito em parceria com o governo federal”, disse o governador.

“A inauguração do Restaurante Cidadão da Cidade de Deus é mais uma conquista dessa região, que esteve abandonada pelo Estado há anos. Mas as mudanças nas vidas das pessoas são marcantes depois da chegada da UPP que, além de garantir o direito de ir e vir, ainda aumentou a rede de políticas sociais: UPA, CVT, FIA, CRJ e, agora, o restaurante. Com esta ação chegaremos a um milhão de pessoas atendidas, por mês, em todo estado do Rio pelo programa de Segurança Alimentar”, explicou o secretário Rodrigo Neves. “O Restaurante Cidadão da Cidade de Deus vai ter um pólo de qualificação técnica na área de gastronomia a partir de outubro. Não vamos apenas dar o peixe, mas também ensinaremos a pescar”, completou.

Uma das novidades do Restaurante Cidadão da Cidade de Deus é a alteração no cardápio: sobremesas doces serão oferecidas apenas uma vez por semana para a redução do consumo de açúcar. A substituição será feita por frutas. Outra modificação é que o saleiro foi retirado das mesas para evitar o consumo excessivo e a comida é feita com redução da fritura.

“A intenção é estimular cada vez mais hábitos saudáveis ofertando aos freqüentadores do Restaurante Cidadão uma maior ingestão de vitaminas, sais minerais e fibras. Os usuários poderão consumir diariamente frutas, legumes e verduras ao preço de R$ 1 no almoço e R$0,35 pelo café da manhã”, explicou Claudia Regina, superintendente de Segurança Alimentar.

E como hábitos saudáveis são desenvolvidos na infância, Orlando dos Santos, técnico do time da Escolinha de Futebol Zico 10, levou os alunos para almoçar no Restaurante Cidadão Cidade de Deus. A comida foi aprovada pelos atletas, com idade entre 6 e 16 anos.

“A comida daqui é recomendada pela nutricionista e o preço é ótimo, bem baratinho, e está tudo uma delícia”, comentou Alexander Mota, de 10 anos, que almoçou ao lado do colega time de futebol, Felipe Melo.

Outra novidade, que começará a ser realizada no restaurante da Cidade de Deus, é o convênio que a SEASDH firmou com a UFRJ e a UFF para que os estudantes de Nutrição dessas duas instituições passem a estagiar nos restaurantes. Como o estágio é obrigatório e faz parte da grade curricular dos alunos, ficará a cargo deles pesar, medir a altura e avaliar nutricionalmente os freqüentadores.

“Eu faço um tratamento médico por conta de um problema na perna e, a partir de agora, vou descer sempre aqui para almoçar. A minha dieta recomendada pelo médico vai começar aqui no Restaurante Cidadão e pretendo me alimentar aqui todos os dias. Já tinha recebido convite para conhecer o de Madureira, mas preferi esperar para o da minha comunidade ser inaugurado. A comida é gostosa e o atendimento é vip”, contou Eliana de Oliveira, moradora da Cidade de Deus há mais de vinte anos.

Outra moradora que fez questão de ir à inauguração foi Joana Amorim, de 82 anos de idade. Ela foi a primeira pessoa a chegar e experimentar a comida do novo restaurante. Ela aprovou o cardápio.

“A comida é maravilhosa, bem temperada e pagamos pouco por uma alimentação equilibrada. Acho que, principalmente os idosos e as crianças, vão se beneficiar bastante com a inauguração deste espaço”, comemorou a senhora que fez questão de esperar a chegada do governador Sérgio Cabral para lhe dar um abraço e parabenizá-lo por mais esta ação em prol da comunidade da Cidade de Deus.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

RENDA MELHOR CHEGA AO NORTE FLUMINENSE NO FIM DO ANO

08/15/2011 às 2:41 pm | Publicado em Informações | Comentários desativados em RENDA MELHOR CHEGA AO NORTE FLUMINENSE NO FIM DO ANO

Em Macaé o programa atenderá cerca de 5.500 famílias

O programa Renda Melhor, componente do Plano de Superação da Pobreza Extrema do Estado do Rio de Janeiro, chegará a Região Norte Fluminense ainda este ano. O anúncio foi feito na tarde de quinta-feira, 11 de agosto, durante reunião de trabalho entre o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, o prefeito de Macaé, Riverton Mussi, e o secretariado municipal.

“Implantamos o projeto piloto do Renda Melhor em Japeri, Belford Roxo e São Gonçalo, e, agora no segundo semestre, técnicos da nossa secretaria vão começar a trabalhar com as prefeituras do interior para expandir o programa para todo o estado. Estou aqui hoje reunido com o prefeito para assumir o compromisso de implantar o programa aqui até o fim do segundo semestre”, afirmou Rodrigo Neves.

De acordo com o secretário, o Plano Estadual, com os seus quatro componentes – transferência de renda; busca ativa das famílias para a inclusão no Cadastro Único; investimento no capital humano, através do Renda Melhor Jovem; gestão de oportunidades e inclusão produtiva das famílias – irá atender a cerca de 5.500 famílias de Macaé – aproximadamente 20 mil pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza extrema.

“Temos a oportunidade de participar de uma geração de brasileiros que vivem no horizonte viável de erradicar a pobreza extrema. Em um país, estado e cidade, como o Brasil, o Rio de Janeiro e Macaé, com tantas possibilidades, é viável o desenvolvimento de estratégias para a inclusão de todos. Os avanços dos últimos anos nos permitem essa mudança de paradigma. Macaé já é e pode ser cada vez mais um exemplo de integração das ações com os governos do Estado e Federal para a inclusão social”, destacou o secretário.

Durante o encontro, Rodrigo Neves também anunciou a expansão do número de Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) na cidade.
“Através do Pacto de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), assinado com os 92 municípios, inclusive Macaé, desde o mês de junho o estado já está transferindo recursos ao fundo municipal que permitem manter, qualificar, e, inclusive, ampliar o serviço dos CRAS, com a implantação de mais duas unidades no município”, explicou o secretário.

O prefeito de Macaé, Riverton Mussi, se mostrou animado com a parceria do Estado para a erradicação da pobreza extrema em Macaé, e anunciou que a cidade também já está trabalhando em um programa neste sentido, que se chamará Renda Mínima.

“Já temos uma cobertura de cerca de 7 mil famílias no Bolsa Família, o Estado entrará com quase R$ 6 milhões por ano na cidade, e vamos investir mais R$ 6 milhões no Renda Mínima. Os programas vão se complementar e juntos vamos erradicar a miséria na nossa cidade e gerar novas oportunidades”, disse o prefeito.
A reunião contou também com a participação dos secretários de Governo e de Desenvolvimento Social de Macaé, André Braga e Nilmara Valadares, respectivamente, e do coordenador da Companhia Estadual de Águas e Esgoto (CEDAE), Luciano Diniz.

Mais informações:http://www.rj.gov.br/web/seasdh/principal
Ouvidoria SEASDH – ouvidoria@social.rj.gov.br

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.