PRIMEIRO-MINISTRO HAITIANO CONHECE PLANO RIO SEM MISÉRIA E CENTRO DE REFERÊNCIA DA JUVENTUDE

05/28/2013 às 1:30 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Objetivo do encontro é trocar experiências sobre os modelos que podem ser implantados no Haiti

1600179

O primeiro-ministro do Haiti, Laurent Lamothe, visitou, na última sexta-feira (24/05) o Centro de Referência da Juventude (CRJ) do Complexo do Alemão. O objetivo foi conhecer o equipamento da SEASDH, que oferece oportunidades para a juventude, e o plano estadual de superação da pobreza extrema, o Rio Sem Miséria.

A visita teve início na Estação de Bonsucesso, de onde Lamothe seguiu de teleférico até a Estação do Alemão, onde fica o CRJ. Lá o primeiro ministro haitiano assistiu a uma apresentação de capoeira dos alunos do CRJ. Após conhecer o espaço, que oferece cursos profissionalizantes e atividades culturais e esportivas, Laurent Lamothe conheceu o plano Rio Sem Miséria.

“São exemplos a serem seguidos, que dão dignidade ao povo. Estou aqui para ver exatamente o que podemos fazer pelos mais pobres, porque estamos trabalhando muito para melhorar as condições de vida das pessoas no Haiti”, afirmou o primeiro-ministro do Haiti.

Lamonthe também visitou a casa do professor de capoeira Juarez Ferreira, de 59 anos, que é morador da comunidade desde que nasceu.

“Ele quis saber se a comunidade tem recebido muitas obras é como é o abastecimento de água. Foi uma honra recebê-lo, mas o difícil foi entender o que ele fala”, contou o professor.

Em seguida, o primeiro-ministro embarcou novamente no teleférico com destino a Estação Palmeira, onde visitou a Unidade de Polícia Pacificadora da Fazendinha e pode conhecer melhor o processo de pacificação das comunidades cariocas.

Pela manhã, Laurent Lamothe assinou com o governador Sérgio Cabral um termo de cooperação entre a Polícia Militar do Rio e a Polícia Nacional do Haiti, que tem como foco o intercâmbio de profissionais e a troca de experiência entre os países em áreas como estratégia de intervenção, pacificação e polícia de proximidade. Os haitianos conhecerão a experiência das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) para o processo de transição da segurança do país. Em junho, o primeiro grupo de policiais haitianos chega ao Rio para iniciar os estudos da cooperação.

“É importantíssimo mostrarmos a nossa experiência, o nosso modelo de sucesso, para países que precisam seguir e aperfeiçoar a sua prática. O primeiro ministro do Haiti conheceu a nossa experiência de acessibilidade, da infraestrutura que remodelou todo esse espaço, da segurança pública, que foi fundamental para que tivéssemos toda essa capacidade de intervenção do Estado. Eu vi o primeiro ministro muito interessado em conhecer a experiência do Rio Sem Miséria e nós mostramos os dados, como fazemos, como é a nossa metodologia e ele também quer mostrar isso lá no Haiti”, disse o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira que acompanhou a visita.

Anúncios

SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS HUMANOS REÚNE MAIS DE VINTE SERVIÇOES EM AÇÃO SOCIAL

05/28/2013 às 1:25 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

População teve acesso gratuito a diversos serviços, como emissão de documentos e atendimentos de saúde

1600179

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da Subsecretaria de Articulação Institucional, realizou a ação social “Cidadania Direito de Tod@s” neste sábado (25/05), na Baixada Fluminense, reunindo mais de vinte serviços gratuitos no mesmo dia, entre 9 e 14 horas, no Condomínio Valdariosa, em Queimados. Mais de 2.500 pessoas passaram pelos atendimentos e os moradores puderam aproveitar a oferta gratuita de serviços como vacinação, balcão de empregos e emissão de documentos.

Para o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, iniciativas como esta facilitam a emissão de documentos, favorecem o trabalho realizado em programas como o Renda Melhor e Melhor Jovem.

“Já identificamos nas escolas um número grande de jovens que nunca emitiram seu CPF e, por isso, não podem se cadastrar no Renda Melhor Jovem. Esse é um dos motivos que torna importante ações desse tipo”, defendeu o secretário.

A iniciativa também ofereceu serviços de saúde, atendimento jurídico e psicológico, atendimento à mulher e ao consumidor, entre outros, com o apoio de diversas instituições como a Fundação Leão XIII, Detran, Defensoria Pública, Setrans, Correios, FIA, Procon, Light e Defesa Civil.

A dona de casa Lilian dos Santos, moradora da região, aproveitou para tirar a primeira identidade da filha, Raíssa, de oito anos. Ela estava acompanhada da amiga, Vitória Barbosa, balconista de 18 anos, que havia acabado de ser demitida de um supermercado. Na ação social, ela já foi encaminhada para comparecimento em outra rede de supermercados, na próxima segunda-feira, na sua cidade, através do atendimento do Sistema Nacional de Emprego (SINE).

“Estava muito preocupada, nem dormia. Se não fosse a ajuda da minha família, eu estaria passando necessidades, mas depois que fui atendida aqui, posso ficar mais tranquila, sabendo que tenho uma entrevista de emprego na próxima semana”, afirmou a balconista.

Já a dona de casa Carla Gomes Nascimento, aproveitou o evento para atualizar o cartão de vacinação de seus dois filhos. Cada um tomou duas vacinas atrasadas, além de mais uma marcada para a próxima semana no posto de vacinação de seu município.

“Só em uma oportunidade como esta eu poderia resolver tudo o que estava desatualizado, até tive que fazer um novo cartão de vacinação”, disse a dona de casa.

Apenas na tenda de realização de vacinas, de acordo com a chefe do setor técnico de imunização do município, Ana Mascarenhas, foram feitos cerca de 350 atendimentos.

O secretário Zaqueu Teixeira, enquanto esteve no município, marcou presença em outros dois eventos em apoio à Prefeitura de Queimados: a etapa queimadense dos XVI Jogos da Baixada e a inauguração de uma tradicional rede varejista. O evento esportivo conta com mais de dois mil atletas e está entre os maiores acontecimentos esportivos do Estado do Rio de Janeiro, com participação de 13 municípios da Baixada, sendo realizado sem interrupções desde o ano de 1997. Já a loja de departamento, inaugurada pela manhã na cidade, é considerada um fator de transformação para a cidade, com investimento de R$ 100 milhões e geração de mais de 500 empregos. A rede também pretende trazer um centro de distribuição de 40 mil m2 para o município.

“Tudo isso é fruto de uma administração prefeito empreendedor e o Estado está aqui para apoiar este crescimento”, elogiou Zaqueu.

Num sábado intenso de atividades, o secretário seguiu para a comunidade do Jacarezinho, onde participou de homenagem feita às mães e jovens que frequentam o Centro de Referência da Juventude (CRJ), principal programa do Governo do Estado do Rio de Janeiro para atender a população jovem da comunidade. Na ocasião, o secretario se comprometeu com demandas importantes do projeto e afirmou que a secretaria pretende se empenhar agora na revitalização do espaço, que ficou sem manutenção por muito tempo, e na integração com o CRJ de Manguinhos. Em seguida, Zaqueu também compareceu à ação social no Campo do Abóbora, apoiada pela SEASDH, realizada pela Secretaria de Governo e SESI.

O projeto “Cidadania Direito de Tod@s” acontece aos finais de semana, geralmente aos sábados, por ser um dia em que muitas famílias estão em casa. A intenção é aproveitar o dia para beneficiar o maior número de pessoas possível.

SPMULHERES E CEDIM DISCUTEM PEC DAS DOMÉSTICAS

05/28/2013 às 1:22 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Encontro visou esclarecer mudanças na lei e mobilizar categoria em prol da regulamentação da PEC

Visando discutir as mudanças causadas na vida das famílias com a aprovação da PEC das Domésticas, a Subsecretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SPMulheres) e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM-RJ) promoveram, na última sexta-feira (24/04), o seminário ‘PEC das Domésticas – De Olhos Bem Abertos’, na sede do CEDIM.

O encontro contou com a participação da deputada federal Benedita da Silva, relatora do projeto na Câmara dos Deputados, que esclareceu quanto às novas regras e contou como ocorreu todo o processo de tramitação da PEC.

Com a PEC das Domésticas ficam garantidos a esses trabalhadores direitos já adquiridos por outras categorias, tais como: salário mínimo; proibição de redução de salário; décimo terceiro salário; repouso semanal remunerado; férias anuais remuneradas de 30 dias; licença gestante de 120 dias; licença paternidade de 5 dias, aviso prévio; aposentadoria pelo INSS; jornada de trabalho de 44 horas semanais; pagamento de horas extras; dentre outras.

“Eu vejo que os trabalhadores domésticos precisam estar mobilizados porque a regulamentação da PEC das Domésticas é fundamental para que a gente dê concretude aos direitos que ali foram assegurados e lute pela regulamentação. Há direitos ali que, se não forem regulamentados, a gente não consegue fazer a aplicação imediata. A nossa mobilização é importantíssima para que se regulamentem esses direitos”, disse o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira.

DIA DO CIGANO É CELEBRADO NO RIO DURANTE A XV CRUZADA DA PAZ

05/28/2013 às 1:04 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Secretário Zaqueu recebeu título de Amigo do Povo Cigano

O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, recebeu, na última sexta-feira (24/05), o título de ‘Amigo do Povo Cigano’. A homenagem ocorreu durante a XV Cruzada pela Paz Mundial, que marca o Dia Nacional do Cigano e de Santa Sara Kali, padroeira Universal do povo cigano.

“O povo cigano é um povo que a gente olha no olho, a gente sente o coração. Eu tenho orgulho de ser amigo do povo cigano e espero que esse povo possa, junto conosco, do poder público, cada vez mais trabalhar para que a gente tenha um estado e um país com mais igualdade, com menos discriminação, com mais respeito ao ser humano, seja solidário, doe o nosso amor ao próximo, porque isso é que, no fundo, vai nos fazer pessoas diferenciadas aos olhos daquele lá de cima”, afirmou o secretário Zaqueu Teixeira.

A Cruzada Pela Paz Mundial tem como objetivo a união entre os povos, credos e religiões e visa contribuir para a promoção da liberdade religiosa. A programação contou com palestras, workshops, música, dança, artesanato e comidas típicas, traduzindo a realidade dos costumes, crenças e tradições do povo cigano. A abertura oficial foi marcada pela celebração de um ato ecumênico.

A festa, realizada no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, foi organizada pela Fundação Santa Sara Kali e contou com a parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos (SuperDir), que há quatro anos apoia o evento.

O Centro de Promoção da Liberdade Religiosa & Direitos Humanos (CEPLIR), coordenado pela SuperDir, também esteve presente, distribuindo material informativo e divulgando seus serviços de suporte jurídico, social e psicológico, onde a população, além de receber orientações sobre seus direitos, é informada de como proceder em caso de intolerância religiosa.

O CEPLIR conta com uma equipe técnica formada por advogados, psicólogos e assistentes sociais. Seu atendimento é aberto a todos os cidadãos e funciona de 9h às 18h, de segunda a sexta, pelo telefone 21- 2334-9550.

Para a presidente da Fundação Santa Sara Kali e idealizadora do evento, Mirian Stanescon, a data é um momento importante para visibilizar a luta do povo cigano pelos seus direitos.

“Queremos reforçar nossa luta por direitos. O decreto de 2006 do presidente Lula serviu para chamar a atenção dos governantes para um povo que sempre foi invisível. Meu sonho maior é que nas escolas públicas esta data também seja comemorada.”, disse a presidente.

NOTA À IMPRENSA: GOVERNADOR OFERECE APOIO À POLÍCIA FEDERAL

05/27/2013 às 12:58 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Estado está à disposição do órgão para auxiliar nas investigações de informações falsas sobre o Bolsa Família

NOTA À IMPRENSA

Ao tomar conhecimento neste sábado (25/5) de que as informações falsas sobre a suspensão do pagamento do programa Bolsa Família partiram de uma central de telemarketing com sede no Rio de Janeiro, o Governador Sérgio Cabral orientou o Secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, para oferecer à Polícia Federal todo o apoio necessário nas investigações.

Para Cabral, a onda de boatos que levou beneficiários carentes e assustados a agências da Caixa Econômica Federal foi “um ato de terrorismo contra o povo pobre”.

MUNICÍPIOS FLUMINENSES RECEBEM ACESSO A PORTAL GERENCIAL DO PROGRAMA RIO SEM MISÉRIA

05/24/2013 às 1:58 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Ferramenta possibilita aos gestores obterem informações sobre diversos indicadores sociais do estado e dos municípios

1593784

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da Subsecretaria de Integração dos Programas Sociais, promoveu, na terça e quinta-feira (21 e 23/05), reunião técnica com gestores de programas sociais dos 92 municípios do estado. O objetivo do encontro, realizado no auditório do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj), foi apresentar e dar acesso o Portal de Informações Gerenciais do Plano Rio Sem Miséria.

“O portal vai ajudar muito, não só na expansão dos programas e das ações do Rio Sem Miséria, mas também é um elemento importante para uma ação intersetorial, porque os municípios terão acesso a informações mais sistematizadas sobre as condições de moradia, acesso a serviços essenciais como água, esgoto, escolaridade, inserção no mercado de trabalho, enfim, um conjunto de informações que permitem que os diversos determinantes da pobreza sejam melhor conhecidos pelos municípios, para que as ações necessárias para a superação dessas vulnerabilidades sejam mais efetivas. É muito importante que o acesso à informação caminhe junto com a expansão”, explicou o subsecretário Antônio Claret.

Baseado em Inteligência de Negócios, o portal – apresentado nas reuniões pela funcionária Lana Jacques, da Diretoria Executiva do Proderj – permite por parte do estado e dos municípios o acompanhamento e o monitoramento dos resultados dos Programas Renda Melhor e Renda Melhor Jovem. Com uso de informações gerenciais e de painéis de controle sobre políticas sociais atualizados constantemente pelo estado, ele facilita o controle das folhas de pagamento até o repasse das informações aos bancos pagadores dos benefícios e o controle dos pagamentos e beneficiários.

Através dele, são disponibilizadas informações do cadastro e do acompanhamento das famílias aos governos, para planejarem melhor as políticas públicas e gerenciarem sua aplicação. O Rio Sem Miséria é um importante programa de cunho social que faz parte do Programa Brasil Sem Miséria e, através de vertentes como o Renda Melhor e Renda Melhor Jovem, possibilita que o Rio fique à frente na erradicação da pobreza extrema.

O acesso às informações contidas no portal foi bem recebido pelos gestores municipais presentes à capacitação.

“O que eu vejo é que nós vamos ter um diagnóstico mais apurado para planejar e para sanar dificuldades e problemas que a população já tenha e a gente desconheça. Pela apresentação eu acho que o manuseio será fácil e ajudará muito no meu trabalho”, avaliou a secretária de Promoção Social de Paraty, Maria Cristina da Silva.

“Eu acho que essa nova ferramenta vai ser muito boa para a gente trabalhar, porque dentro desse portal a gente encontra tudo o que precisa para um bom cadastro, para desempenhar novas políticas públicas no município, então essa nova ferramenta só vem colaborar com os serviços que a gente já faz no município”, disse assessora da Secretaria de Educação de Paraíba do Sul, Marli Esteves.

“Com este portal, poderemos fazer um acompanhamento e a vigilância de políticas públicas por meio de uma análise de dados. Com isso, será possível mapear ações mais específicas para desenvolver soluções para os possíveis problemas. Através dele, a gente pode ver o problema social de perto”, concluiu a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Tanguá, Maria Dolores Otero.

O presidente do Proderj, Paulo Coelho, ressaltou a importância da parceria que possibilitou o desenvolvimento do portal. Segundo ele, as parcerias e a modernização da gestão através da inovação são dois fatores fortes de sua gestão, desde que assumiu a presidência da autarquia, em 2008.

“Desde que assumi a presidência do Proderj, em 2008, tenho feito uma busca incansável junto à minha equipe pelas melhores tecnologias a fim de prestar melhores serviços ao cidadão e ao governo. A implementação deste portal é um exemplo forte de estreita parceria de sucesso que temos com a secretaria, de integração e do uso de uma tecnologia moderna e muito utilizada por nós, a ferramenta de BI. Acredito na integração cada vez maior e no compartilhamento de informações como caminhos para avançar no país”, disse o presidente do Proderj.

Além do desenvolvimento do portal, o Proderj é parceiro assíduo de todas as componentes do programa coordenado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, tendo participação efetiva nos processos do Renda Melhor e do Renda Melhor Jovem.

Criado em 2012, o portal recebeu, em abril de 2013, o Prêmio TI & Governo, que elege as melhores práticas em governo eletrônico. Atualmente, a equipe do Rio Sem Miséria, todos os setores da SEASDH e gestores de 11 municípios têm acesso às informações do portal. A ideia é que agora todos os municípios do estado tenham acesso às informações.

SEASDH APOIA XV CRUZADA PELA PAZ MUNDIAL

05/24/2013 às 1:50 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Centro de Promoção da Liberdade Religiosa & Direitos Humanos (CEPLIR) estará presente no evento divulgando seus serviços para população

Na próxima sexta-feira, 24 de maio, será realizada a XV Cruzada pela Pela Paz Mundial no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador. O evento, que tem entrada franca, também marca o Dia Nacional do Cigano, decretado em 2006, pelo então Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva e escolhido por ser o Dia de Santa Sara Kali – Padroeira Universal do povo cigano.

A Cruzada Pela Paz Mundial tem como objetivo a união entre os povos, credos e religiões e visa contribuir para a promoção da liberdade religiosa. A programação vai contar com palestras, workshops, música, dança, artesanato e comidas típicas, traduzindo a realidade dos costumes, crenças e tradições do povo cigano. A abertura oficial está marcada para as 16h com a celebração de um ato ecumênico.

Organizado pela Fundação Santa Sara Kali, a atividade tem patrocínio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos (SuperDir), que há quatro anos apoia o evento, além da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e do apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro.

O Centro de Promoção da Liberdade Religiosa & Direitos Humanos (CEPLIR), coordenado pela SuperDir, estará presente no evento distribuindo materiais informativos e divulgando seus serviços de suporte jurídico, social e psicológico, onde a população, além de receber orientações sobre seus direitos, é informada de como proceder em caso de intolerância religiosa. O CEPLIR conta com uma equipe técnica formada por advogados, psicólogos e assistentes sociais. Seu atendimento é aberto a todos os cidadãos e funciona de 9h às 18h, de segunda a sexta, pelo telefone 21- 2334-9550.

Na ocasião a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da SuperDir, receberá o prêmio “Amigo do Povo Cigano”. Para o superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento, a Cruzada Pela Paz Mundial é um exemplo de cidadania e solidariedade.

“Esse é um evento já consolidado no Rio e vem mostrando um exemplo de cidadania e solidariedade do povo cigano, que comemora o seu dia, mas que também se congraça com toda a sociedade, chamando para a discussão do preconceito, do enfrentamento à intolerância religiosa e do respeito à diversidade cultural.”, afirmou Cláudio.

Para a presidente da Fundação Santa Sara Kali e idealizadora do evento, Mirian Stanescon, a data é um momento importante para visibilizar a luta do povo cigano pelos seus direitos.

“Queremos reforçar nossa luta por direitos. O decreto de 2006 do presidente Lula serviu para chamar a atenção dos governantes para um povo que sempre foi invisível. Meu sonho maior é que nas escolas públicas esta data também seja comemorada.”, disse a presidente.

ESTADO LANÇA CARTILHA SOBRE ACOMPANHAMENTO FAMILIAR NA POLÍTICA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

05/23/2013 às 2:22 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Lançamento ocorreu durante seminário realizado com representantes da área de assistência social dos 92 municípios

1589910

Visando sistematizar as diretrizes e orientações para o acompanhamento das famílias beneficiárias do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), lançou, nesta quarta-feira (22/05), a cartilha Acompanhamento Familiar na Política de Assistência Social – Uma proposta de Metodologia para o Estado do Rio de Janeiro. O documento foi lançado durante um seminário, realizado no auditório do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), com a participação de gestores de 50 municípios e pelo menos 20 secretários municipais.

“É um seminário de extrema importância para nós, que somos responsáveis pelo acompanhamento das famílias que hoje estão na rede da assistência, no Bolsa Família e no Renda Melhor. Nós temos a responsabilidade de cuidar dessa rede com os 419 CRAS e CREAS no estado. É fundamental estabelecer aqui hoje neste seminário uma metodologia para que a gente acompanhe as famílias, porque nós temos que prover e auxiliar todos aqueles que necessitam do nosso auxílio, que será cada vez mais qualificado, quanto melhor nós estivermos preparados para fazer esse atendimento”, destacou o secretário Zaqueu Teixeira.

A mesa de abertura também contou com a participação do secretário geral de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Gino Novis Cardoso, que informou aos presentes que, este ano, os 91 municípios do estado, com exceção da Capital, que tem Tribunal de Contas específico, passarão por uma auditoria quanto à aplicação dos recursos da assistência social.

“O Tribunal de Contas do Estado se sente muito honrado em participar deste seminário como órgão de controle. Em 2011 foi a Saúde, em 2012 Educação e Meio Ambiente, e para 2013 Assistência Social. Serão seis aspectos a serem verificados: planejamento e monitoramento das ações e serviços da assistência social; infraestrutura e funcionamento das unidades de proteção social básica e especializada (CRAS e CREAS); equipe de proteção social básica e especializada; processo de trabalho do CRAS; entidades e organizações de assistência social e financiamento da assistência social”, informou Gino.

Para o secretário municipal de Assistência Social de Niterói, Ubirajara Marques, que representou o Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social (COEGEMAS) na mesa de abertura, a Cartilha é um importante instrumento de trabalho para os municípios.

“O Estado do Rio de Janeiro vem debatendo de que maneira, na ponta, os municípios conseguem, de fato, fazer uma política pública estruturante, que dê conta de realmente fazer um acompanhamento familiar, que dê conta de fazer a intersetorialidade, que tenha força dentro do seu município, que o prefeito nos escute e que leve em consideração essa política. Essa cartilha com a metodologia é uma vitória para todos os municípios para a melhoria dos nossos serviços e a relação dos nossos equipamentos com os nossos usuários”, disse Ubirajara Marques.

A doutora em Educação e Diretora de Gestão do Conhecimento do Instituto Paulo Freira, Ângela Antunes, foi a primeira palestrantes do dia e trouxe uma reflexão sobre os princípios políticos pedagógicos de Paulo Freire para a política da assistência social, em especial o acompanhamento familiar.

“A pedagogia freireana tem muito a contribuir para o trabalho da assistência social em muitos aspectos. O compromisso declarado de que estamos fazendo esse trabalho para a transformação social, esse compromisso com essas famílias, conhecer essas famílias, quem elas são, como vivem, quais suas necessidades, suas potencialidades e de que forma escutá-las pode construir coletivamente um trabalho que alcance os objetivos dos projetos, da política educacional da assistência social. É não trazer um planejamento pronto, mas que esse planejamento parta do contexto, da realidade de onde estão essas pessoas e seja construído com elas para que elas sejam corresponsáveis, para que se sintam envolvidas, pertencentes a esse processo desse transformação, sejam sujeitos da leitura do mundo, da construção coletiva e da transformação”, explicou Ângela.

A subsecretária de Assistência Social e Descentralização da Gestão, Nelma de Azeredo, ressaltou que a cartilha é um trabalho que estava proposto para o Rio desde 1999 com a implantação do PAIF.

“Nós não tínhamos conseguido ainda sistematizar por conta das dificuldades e falávamos do acompanhamento, mas ele não tinha sido sistematizado. Mas agora nós conseguimos identificar profissionais com uma capacidade boa de interpretar essa vivência e de traduzir isso na sistematização da proposta, que tem tudo a ver com método que a gente traz, referenciado no pensamento de Paulo Freira para a assistência social, porque acreditamos que o trabalho da assistência social é, sim, um trabalho socioeducativo. Muito municípios compareceram, as pessoas participaram e estão todos refletindo, se olhando, olhando ao seu redor e era isso que a gente queria provocar. Estou certa de que, a partir de hoje, a leitura que esses profissionais vão fazer da proposta de acompanhamento familiar será completamente diferenciada e qualificada”, destacou Nelma.

A segunda mesa de debates, com mediação da superintende de Gestão do SUAS da SEASDH, Helena Ferreira de Lima, tratou da ‘Metodologia de Acompanhamento Familiar no PAIF e PAEFI- Referencial Teórico e Metodológico’, com apresentação das assistentes sociais Diana Delgado e Renata Rios e da secretária de Assistência Social de Nova Friburgo, Simone de Almeida Pinto.

A última mesa foi mediada pela superintendente de Proteção Social Especial da SEASDH, Vanda Lúcia Martins, e apresentada pelo subsecretário de Integração dos Programas Sociais da SEASDH, Antônio Claret, pela superintendente de Proteção Social Básica da SEASDH, Heloisa Mesquita, e a diretora do Núcleo de Proteção Básica da Secretaria de Assistência Social do Município do Rio de Janeiro, Josileide Militão, com o tema Rio Sem Miséria e Acompanhamento Sociofamiliar – Desafios e Intersetorialidade. Também participaram da mesa de abertura o sub-procurador geral de Justiça de Direitos Humanos do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro; Ertulei Laureano Matos, e a presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Marizete Lage.

GORVERNO DO ESTADO DOA VANS E AMBULÂNCIAS A 24 ENTIDADES BENEFICENTES

05/23/2013 às 2:05 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Instituições receberam 16 veículos e mais de R$ 8,1 milhões em recursos financeiros

1589910

 

Vinte e quatro entidades beneficentes do estado e três prefeituras receberam, nesta quarta-feira (22/03), vans e ambulâncias para fazer o atendimento de seus beneficiados. A iniciativa é uma parceria do RIOSOLIDARIO e da Loterj. As organizações, a maioria voltada para portadores de necessidades especiais, contaram com a doação de 16 veículos e mais de R$ 8,1 milhões em recursos financeiros.

Entre as entidades beneficiadas com a parceria estão a Apae e a Pestalozzi de diversos municípios. Além de vans adaptadas para cadeirantes, foi entregue a primeira com consultório odontológico, para a Prefeitura de Vassouras. O valor total das doações é parte do lucro líquido da Loterj, que é destinado para fins de assistência hospitalar, escolar, de interesse social, educacional, esportivo e cultural.

Fundadora e diretora da Apae de Nova Friburgo, Maria das Dores Mello Pacheco, de 72 anos, recebeu as chaves da van para a instituição e contou que muitos dos quase 800 pacientes atendidos pela instituição serão beneficiados com a doação.

– Ela vai nos ajudar a pegar os pacientes mais crônicos, que moram longe da sede. Como a Apae tem 34 anos, muitos pacientes envelheceram, os pais já morreram, e precisam de ajuda para se locomover – declarou.

Outra iniciativa que recebeu a doação de uma van foi a Orquestra Maré do Amanhã. Para o coordenador geral, Carlos Eduardo Prazeres, o projeto vai ganhar ainda mais visibilidade a partir de agora.

– Pinçamos crianças de outras comunidades e essa van vai fazer o transporte delas. Além disso, recebemos muitos convites para tocar, mas acabávamos declinando por não ter transporte. Fazemos 40 apresentações por ano e acredito que chegaremos a cem com a van – planeja Prazeres.

SECRETÁRIO ZAQUEU TEIXEIRA SE REÚNE COM COORDENADOR GERAL DAS UPPs E COMANDADTES DAS UNIDADES

05/22/2013 às 3:54 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Ideia do encontro foi estreitar a relação entre as duas secretarias, especialmente na área das UPPs

1589910

O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, se reuniu na manhã desta terça-feira (21/05), com o coordenador geral das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), Coronel Paulo Henrique, os comandantes das unidades e os gestores sociais do programa Territórios da Paz, desenvolvido pela SEASDH e que atua em 16 comunidades pacificadas. O objetivo do encontro foi que os gestores possam ter um canal direto com os comandantes e que eles possam também compreender a ação da assistência social.

“Pensamos nesse encontro para estreitar a relação institucional entre a Secretaria de Segurança, especialmente a área da UPP, e a nossa equipe de gestão social. O trabalho de resgate do território é fundamental, mas é preciso também que o social se faça presente, assimilando as demandas da assistência e absorvendo os pedidos que acabam chegando à UPP. Por isso, apresentamos o que a secretaria está fazendo para ter sua porta de entrada, assim como as UPPs têm suas bases, para que os policiais possam cumprir com o seu papel: o de prevenção à violência e à criminalidade”, explicou o secretário Zaqueu Teixeira, que falou também sobre o limite de ação dos gestores.

“A nossa missão é articular a rede e os serviços para aquela comunidade e, identificada uma demanda, encaminhar para o órgão que pode resolver o problema. Não podemos assumir uma responsabilidade que não é nossa porque isso provoca frustração não apenas nos moradores, mas também nos gestores que estão no território. Mas é preciso ter em mente que integração é a busca pela solução das demandas”, concluiu.

Na ocasião, o superintendente de Territórios, Willian Resende, fez uma apresentação sobre as próximas atividades da secretaria nas comunidades pacificadas, como a utilização de equipamentos públicos já existentes, como os Centros de Referência da Juventude, que vão reunir diversos serviços para a população, como emissão de documentos, isenções de taxas, balcão de empregos e também um espaço que vai reunir iniciativas não apenas da SEASDH, mas também de outras secretarias que desenvolvem ações nessas áreas. Outro projeto apresentado foi o Caminho Melhor Jovem, voltado para jovens entre 15 e 29 anos de idade, que será desenvolvido pela secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

“A pacificação é um projeto para além da segurança, porque, ao fazer ao diagnóstico que deu origem a esse trabalho, foi identificado que a nossa cidade apresentava bolsões de pobreza e o Índice de Desenvolvimento Humano era muito baixo. Foi percebido também que muitos serviços de que essa população necessitava não chegavam até ela pela falta de segurança. O que se estabeleceu é que a polícia agiria para dar segurança para que essas melhorias pudessem ser feitas. Por isso estou muito satisfeito de participar desse encontro, que é fundamental para atingirmos o nosso objetivo: melhorar a vida da população e estamos dando um grande passo hoje ao melhorar a conexão entre as nossas equipes”, destacou o Coronel Paulo Henrique.

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.