Secretário Zaqueu Teixeira anuncia implantação de CIAM em Queimados

10/09/2013 às 1:05 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Secretário Zaqueu Teixeira anuncia implantação de CIAM em Queimados

Wanderson Costa Cruz-049

O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, acompanhado da subsecretária de Políticas para as Mulheres, Adriana Mota, participaram, na manhã desta terça-feira, da mesa de abertura do seminário “Em briga de marido e mulher o Ministério Público, Policia Civil e Prefeitura metem a colher”, promovido pela Prefeitura de Queimados. O objetivo do encontro foi debater a reforço da rede de atendimento à mulher na cidade.

Durante o evento, Zaqueu anunciou a implantação de um Centro Integrado de Atendimento à Mulher (CIAM) na cidade.

“O que percebemos é que a população de Queimados se desloca muito para Nova Iguaçu, onde tem a Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) e o CIAM Baixada. Já organizamos o planejamento da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres (SPMulheres) para que tenhamos um CIAM aqui em Queimados. A SEASDH fornecerá todo o equipamento e os profissionais, só estamos esperando a Prefeitura nos ceder o local”, informou o secretário de Estado.

Dentre os assuntos debatidos, o principal foi a questão da notificação obrigatória dos casos de violência atendidos pela rede de saúde aos demais órgãos que compõem a rede de atendimento e enfrentamento à violência contra a mulher.

“A organização da rede é fundamental para que os direitos das mulheres sejam respeitados. Quando ocorre o desrespeito, ocorre a transgressão da lei e a rede precisa estar organizada para que os órgãos de justiça sejam acionados e tomem as providências. A gente sabe que muitas vezes a rede de saúde é a porta de entrada das mulheres para a rede, e os profissionais precisam estar capacitados para identificar os casos e notificá-los aos demais órgãos”, destacou Zaqueu.

A subsecretária Adriana Mota destacou que alguns municípios, a exemplo da Lei Federal, têm implementado leis municipais, obrigando as unidades de saúde a notificarem os demais órgãos de atendimento à mulher.

“É importante que Queimados também se articule para ter uma lei municipal que assegure a notificação, porque a violência contra a mulher é também um problema de saúde pública, e o envolvimento da rede de saúde é fundamental para que possamos fazer o trabalho”, ressaltou Adriana.

A vice-prefeita de Queimados, Márcia Teixeira, informou que o executivo municipal já está em busca de um local para a implantação do CIAM e destacou também a importância de uma delegacia de atendimento a mulheres na cidade.

“Nós sabemos que Queimados tem uma demanda grande de serviços para o atendimento às mulheres vítimas de violência, e além do CIAM, é importante que tenhamos uma DEAM, que poderá atender, além das nossas mulheres, as vizinhas de Japeri, Paracambi, Seropédica, que são municípios distantes de Nova Iguaçu. Além disso, nós sabemos que muitas dessas mulheres não têm sequer dinheiro para chegar aos serviços”, enfatizou a vice-prefeita.

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: