Campanha Coração Azul é lançada no Rio de Janeiro

10/23/2013 às 12:33 pm | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Objetivo da iniciativa é alertar sobre o tráfico de pessoas

Wanderson Costa Cruz-082

O Ministério da Justiça e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançaram, nesta segunda-feira (21/10), no auditório Padre Anchieta da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), o Comitê-Rio da Campanha Coração Azul. A campanha é uma iniciativa da ONU, presente em outros dez países, e incorporada no Brasil pelo Ministério da Justiça em 2013. O objetivo da campanha é mobilizar e conscientizar a sociedade em geral sobre o tema do tráfico de pessoas.

“O Rio de Janeiro está mobilizado na campanha e tem ações efetivas para cumprir o papel do Estado, que é a prevenção. Aqui no Rio temos o Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e durante a Copa das Confederações lançamos o projeto Gift Box Brasil, que já percorreu várias localidades da Capital e atualmente tem sido realizado na Baixada Fluminense. Essas campanhas são significativas porque mostram histórias reais e muitas pessoas ainda não acreditam que exista tráfico de pessoas. Por isso, as campanhas de conscientização, que dão visibilidade ao tema, são fundamentais. Também estamos fazendo um trabalho de capacitação da rede da assistência social, nos CRAS e CREAS, para identificarem e orientarem a população nesses casos, e de antemão já convidamos o Comitê Coração Azul a estar conosco nessa empreitada”, disse o secretário de Estado de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, durante o lançamento da campanha.

Na ocasião, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, destacou que a conscientização é um dos eixos mais importantes do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.

“O tráfico de pessoas é um crime subterrâneo, que não se denuncia. Houve um boom de denúncias após a novela da Rede Globo, mas o tráfico de pessoas ainda está muito longe de deixar de existir. O Plano Nacional tem cinco eixos, mas o mais importante é o da conscientização, porque se não tivermos a mobilização da sociedade, a denúncia, todo o resto do trabalho será em vão. Muitas pessoas não denunciam por vergonha e há ainda os que tem simpatia pelo aliciador, que não enxergam a prática como crime e a campanha esclarece essas coisas. É inadmissível que em pelo século 21 ainda tenhamos esse crime hediondo”, destacou o ministro.

O Comitê-Rio da Campanha Coração Azul realizará palestras em universidades, comunidades e centros religiosos; divulgará o tema nas redes sociais e incrementará campanhas e eventos sobre o tráfico de pessoas. Também fará convênios de cooperação com universidades, prefeitura e o sindicato de artistas para divulgar o tema.

Também participaram no lançamento o reitor da PUC-RJ, padre Josafá Siqueira; o secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão; a coordenadora do Comitê-Rio da Campanha Coração Azul, Marilia Guimaraes, a presidente de honra do Comitê-Rio da Campanha Coração Azul, e a autora de novelas Glória Perez.

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: