Dia da Consciência Negra é celebrado no Estado

11/22/2013 às 11:43 am | Publicado em Informações | Deixe um comentário

Atividade em homenagem a Zumbi dos Palmares começou cedo na Capital

Wanderson Costa Cruz--3

O Dia da Consciência Negra, comemorado neste 20 de novembro, foi marcado com diversas celebrações na Capital e na Baixada Fluminense. A festa teve início com alvorada de fogos e a lavagem do monumento a Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro. A atividade, realizada das 6 às 12 horas, foi promovida pelo Conselho Estadual dos Direitos do Negro (CEDINE) e a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH) e reuniu centenas de pessoas de todas as partes do estado. Para o presidente da Juventude do Movimento Negro de Carmo, no Noroeste Fluminense, Wesley Muniz, a participação na festa de Zumbi é bastante significativa. “É um momento importante para estarmos reafirmando a nossa cultura e a nossa luta, mostrarmos a que viemos. Já avançamos muito na luta pela igualdade, mas ainda falta muito para que tenhamos uma consciência multirracial”, destacou Wesley. A presidente do CEDINE, Ivonete Mendonça, destacou que este ano a festa teve dupla importância. “Zumbi é o herói do nosso povo e um herói nacional da resistência que acolhia a todas as etnias. Além disso, ele já é um orixá e por isso temos que reverenciá-lo. Mas este ano a festa tem um significado ainda mais especial porque também estamos homenageando o Zumbi do Estado do Rio de Janeiro, Paulo Roberto Santos, o Paulão, falecido há pouco mais de um mês, que foi o grande idealizador dessa festa e ícone da luta negra no nosso estado”, explicou Ivonete. O secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira, destacou que o Rio de Janeiro vem avançando na implantação de políticas de promoção da igualdade racial. “O Rio de Janeiro foi vanguarda na implantação da política de cotas nas universidades públicas e em concursos públicos. São medidas que acreditamos irão contribuir para diminuir as desigualdades, mas sabemos que muito ainda precisa ser feito para que o negro ocupe o lugar de destaque que merece em nossa sociedade e vamos continuar trabalhando para isso”, disse o secretário. Zaqueu destacou ainda que o Estado terá uma semana de eventos importantes na defesa dos direitos. “A gente começa celebrando Zumbi hoje. No dia 22, que também é uma data importante quando celebramos João Cândido e a libertação dos marinheiros da Revolta da Chibata, nós teremos uma cerimônia de reparação aos presos políticas da ditadura. No dia 25 nós começaremos os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres e assim teremos uma semana importante de conscientização”, informou Zaqueu. A festa no monumento a Zumbi contou com a participação dos filhos de Gandhi, apresentações de capoeira, afoxés e samba de roda. Reabertura do Centro Cultural José Bonifácio Dentro da programação pelo Dia da Consciência Negra, a Prefeitura do Rio reabriu o Centro Cultural José Bonifácio, na Gamboa, com o projeto África Diversa. Na ocasião, também foi aberta a exposição “Seppir 10 – Uma Década de Igualdade Racial” O prédio, onde funcionou a primeira escola pública do país e da América Latina, fundada por Dom Pedro II, foi reformado pelo projeto Porto Maravilha Cultural. O espaço terá uso múltiplo, combinando atividades acadêmicas, pedagógicas e artístico-culturais sobre a contribuição africana para a formação social brasileira. “É uma satisfação muito grande ver a Prefeitura do Rio reinaugurar esse espaço tão importante para a história e a cultura do Estado do Rio de Janeiro, num dia tão importante como o de hoje em que celebramos Zumbi e a resistência negra”, afirmou Zaqueu. De acordo com a idealizadora do projeto “África Diversa”, Daniele Ramalho, a iniciativa ‘aborda a riqueza e a diversidade de manifestações culturais, grupos, artistas e pesquisadores brasileiros que dialogam com a cultura de países do continente africano’. Semana das Tradições Afro culturais da Consciência Negra – Zumbi em Caxias À tarde a Prefeitura de Duque de Caxias deu início à Semana das Tradições Afro culturais da Consciência Negra – Zumbi em Caxias, no calçadão do Centro da cidade. A festa, que contou com o apoio da SEASDH, reuniu diversas apresentações culturais.

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: